O homem que escreve…

O homem escreve porque sofre, porque dúvida de si. Tem que provar a ele próprio e a que o rodeia que tem algum valor.

Trecho do filme Stalker, Andrei Tarkovsky.

“Quando eu era criança, lembro-me de ter visto um show na TV. Um homem colocava vários pratos equilibrados em varetas e os mantinha ali, girando as varetas fazendo com que os pratos rodassem e ficassem equilibrados. E se ele reduzisse a velocidade com que fazia aquilo ou se virasse por um momento, um dos pratos cairia e se espatifaria no chão e isso provavelmente levaria a uma reação em cadeia dos outros.

É uma metáfora fantástica para a vida, não? Todos nós estamos tentando manter nosso pratos rodando no ar, e quando você os coloca lá, não pode tirar os olhos deles, mas também precisa continuar fazendo o resto das coisas. A diferença é que, na vida, alguém continua colocando mais pratos pra você, escondendo as varetas e mudando a lei da gravidade quando você não está olhando.  Então, sempre que acha que está com todos os seus pratos rodando direitinho, de repente ouve um terrível barulho de algo se quebrando às suas costas e todo um conjunto de pratos, que você nem sabia que tinha, começa a se espatifar no chão.”

- Trecho do Livro “Dexter no escuro”, Jeff Lindsay

we’re "best buds"

(Fonte: aronpaull, via princesconsuela)